Sociedade de Aimorés se une para combater a criminalidade

Alarmada com o elevado índice de criminalidade observado em Aimorés no ano de 2014, com aumento significativo de crimes contra a vida, autoridades e a sociedade organizada local resolveram agir de forma mais contundente para mudar a situação.

O Poder Judiciário, a Promotoria Pública, Polícias Civil e Militar, Poderes Executivo e Legislativo, além do Conselho Municipal de Segurança, líderes religiosos e representantes de outros segmentos se reuniram mais uma vez nas dependências da Câmara Municipal,  no dia 24 de março, quando a questão da segurança foi amplamente debatida. Um novo encontro já está marcado para o dia 26 de junho, quando será feita uma nova avaliação das providências que já estão sendo adotadas para coibir a violência. 

A reunião do dia 24 de março, com início às 9 horas, foi demorada e serviu para todos colocarem seus pontos de vista sobre o que necessita ser feito a nível de urgência para combater a criminalidade. Um dos problemas sérios de Aimorés nesta área continua sendo o tráfico de drogas, sendo que os 15 casos de atentados contra a vida registrados entre janeiro e abril de 2014, estão 100% relacionados ao comércio de entorpecentes.

Marcaram presença no encontro o tenente coronel Wagner Fabiano dos Santos, comandante do 6º Batalhão da PM de Governador Valadares, comandante e sub comandante da 49ª Cia da PM, sediada em Aimorés, capitão Aleixo e tenente Gledson Vidal Pedroni, juiz da Comarca Braulino Correia Rocha Neto, promotora Walméa Elizy Carvalho, delegado de Polícia André Dias Nunes (representado pelo investigador Cristiano),   prefeito Alaerte da Silva, presidente do Conselho Municipal de Segurança Tomaz Benedito de Souza, além do presidente da Câmara Tião Molin, vereadores e representantes de vários segmentos sociais da cidade.
Trata-se de um verdadeiro “mutirão” de autoridades contra a violência, que atingiu a níveis preocupantes em Aimorés nos primeiros meses de 2014. O encontro serviu para manifestações bem contundentes contra o crime, tendo a PM se comprometido a agir de forma mais efetiva, aumentando o policiamento e viaturas, enquanto a mesma Polícia Militar pediu mais apoio à Prefeitura no sentido de desobstruir com urgência algumas vias da cidade para melhor circulação das viaturas.
Esta obstrução de vias ainda é resultado das fortes chuvas de dezembro de 2013.

A reunião serviu ainda para sugestões importantes, visando aumentar a presença das autoridades nos bairros onde a criminalidade é mais presente. Dentre estas sugestões, ficou clara a necessidade de levar à juventude mais opções de lazer nas quadras esportivas do município, uma vez que exatamente o jovem é sempre o alvo dos traficantes de drogas.

Para o presidente da Câmara, vereador Sebastião Ferreira de Souza, a situação da criminalidade é preocupante, mas iniciativas mais determinadas agora deverão mudar este quadro ruim. “Temos que unir a sociedade em peso em busca de soluções e vejo com alegria as políciais civil e militar, o juiz, a promotora, o prefeito, as lideranças de modo geral, empenhadas em diminuir os índices de criminalidade a um nível  aceitável”, falou Tião Molin.

O vereador Onair Vitorino Filho, também presente na reunião, destacou que Aimorés tem todas as condições de mudar este quadro triste de criminalidade. Onair elogiou a disposição das autoridades se unirem neste momento difícil, enfatizando que todos trabalhando em conjunto certamente os resultados serão melhores.

 

Medidas já começam a mostrar resultados positivos

A união das autoridades de Aimorés contra a criminalidade, iniciada efetivamente num encontro inicial realizado no dia 18 de março, na sede da Associação Comercial, já começaram a trazer os primeiros resultados positivos, segundo avaliação feita na semana passada pelo subcomandante da 49ª Cia da Polícia Militar, tenente Gledson Vidal Pedroni Rosário.

Em entrevista concedida na semana passada, o tenente Pedroni explicou que os furtos na cidade de Aimorés diminuíram cerca de 80% em 2014, comparados aos índices verificados em 2013. “Este é um resultado de uma ação mais efetiva da Polícia Militar no policiamento preventivo. Com mais visibilidade na cidade e circulação de um efetivo maior com viaturas, os crimes de furto diminuíram de forma muito significativa”, disse ele.
Da mesma forma, os chamados crimes contra a vida, incluindo homicídios e tentativas de homicídio, já tiveram uma queda importante no mês de abril de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *