Primeiras sessões foram marcadas por debates produtivos

As quatro primeiras sessões da Câmara Municipal de Aimorés, ocorridas nos dias 18 e 25 de fevereiro, 4 e 11 de março de 2013, foram marcadas por muito trabalho. Além da apreciação de projetos, indicações e proposições, os vereadores tiveram a oportunidade neste início de Legislatura, de promover debates de grande importância para o município, acentuando sua participação  decisiva nos destinos de Aimorés.

• Sessão do dia 18 de Fevereiro/2013


Foi a primeira sessão ordinária que abriu o ano legislativo em Aimorés.  O presidente da Câmara, vereador Sebastião Ferreira de Souza, sempre pede a proteção de Deus no inicio dos trabalhos. Entre os destaques da sessão constaram pronunciamento do cidadão Carlos Tenório Dias de Oliveira, que relatou aos vereadores problemas na APAE em função de ingerência política, sendo em seguida o assunto abordado e por vários vereadores. 

Na mesma sessão o vereador Onair Vitorino Filho sugeriu o envio de moção de pesar pelo falecimento de dois ex-presidentes da Câmara, Sebastião Moreira Junior e Antônio Sotero Sobrinho, ambos ocorridos recentemente. Já o secretário da mesa Diretora, vereador Gessimar Gomes da Silva, fez pronunciamento contundente pedindo paz à política de Aimorés, pedindo o fim das retaliações e perseguições que tanto mal fazem à comunidade. O vereador Darcy Salomão, por sua vez, enfatizou que o poder Legislativo não pode viver de intrigas e vaidades pessoais. Precisamos, segundo o vereador Darcy, buscar mais a Deus e amar o próximo e que “fomos eleitos para fazer o melhor para o povo”.

Ainda na sessão do dia 18, os vereadores iniciaram a discussão sobre projeto do Executivo Municipal que dispõe sobre o desfazimento do livro didático irrecuperável.

 

• Sessão do dia 25 de Fevereiro/2013


Nesta sesão, a Câmara inicialmente comunicou ofícios da Câmara de Baixo Guandu, comunicando a composição da nova mesa diretora, bem como do Conselho de Segurança de Aimorés, convidando para reunião nas dependências da ACIASA/CDL, no dia  28 de fevereiro. 

Foi discutido na sessão também parecer da Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas, formada pelos vereadores Onair Vitorino, Sandra Lúcia e Rogério Borges Rocha, favorável ao projeto de lei do Executivo referente ao desfazimento dos livros didáticos imprestáveis. A Câmara analisou ainda na sessão a instituição de sistema de concessão de diárias para vereadores e servidores do Legislativo.

Foram apresentados também um projeto de Lei e dois projetos de Resolução. Na sessão o vereador Darcy Salomão apresentou três indicações ao Poder Executrivo: o primeiro solicita ambulância permanente para o distrito de Penha do Capim e distritos vizinhos, o segundo para calçamento do morro que dá acesso ao cemitério e São João do Capim e ainda outra indicação, solicitando cobertura para os taxistas que atuam no ponto de táxi da rua Pedro Nolasco.

Nesta sessão a sra. Maria Helena Calvão Caser lamentou os ânimos aflorados da política em Aimorés, salientando também a inoportunidade de críticas feitas através de uma rede social ao Instituto Terra, promovidas por uma pessoa da  diretoria da ACIASA. Maria Helena defendeu o Instituto, pelo brilhante trabalho que realiza na cidade em prol da conservação da natureza. Na ordem do dia, foram colocadas em puta ainda votação de projetos com emendas aditivas e supressivas, todas aprovadas por unanimidade.

• Sessão do dia 4 de Março/2013


Nesta sessão, com a presença de todos os vereadores, foi lido comunicado do deputado Paulo Abi-Ackel, informando emenda parlamentar individual, destinado à implantação do Telecentro em Aimorés para alunos da rede pública de ensino. Foi aprovado também parecer da comissão de Serviços Públicos, Obras e Meio Ambiente, referente ao Projeto de Lei nº 088/2012, que dispõe sobre legitimação de posse de imóvel publico municipal.

No espaço destinado ao público, denominado Tribuna Livre, o presidente da ACIADA/CDL, Tomaz Benedito de Souza, fez pronunciamento parabenizando os novos vereadores e pediu a união de todos para promover o desenvolvimento sócio econômico de Aimorés. Para ele, somente a união de forças será capaz de alavancar o desenvolvimento local. Tomaz lembrou a força econômica de Aimorés, responsável por exemplo pela captação de 40% do leite da Capel, defendeu a atração de indústrias para a cidade e pediu apoio aos vereadores ao comércio local.

O presidente Sebastião Ferreira de Souza respondeu que a entidade ACIASA/CDL, bem como o Conselho Municipal de Segurança de Aimorés,  podem  contar com o apoio dos vereadores, que estão também envolvidos num projeto comum de desenvolvimento do município. 

• Sessão do dia 11 de Março/2013


A Sessão da Câmara de 11 de março foi marcada de modo especial por uma justa homenagem às mulheres de Aimorés, pela passagem de seu dia ocorrido no dia 8 de março. As mulheres presentes na Câmara receberam flores e diversos vereadores fizeram pronunciamento enaltecendo a importância da figura da mulher na sociedade, seja na formação da família, do trabalho em setores importantes como a Educação e até no processo de desenvolvimento econômico. É bom lembrar que as mulheres estão representadas na Câmara, com a eleição das vereadoras Andréa Afoumado e Sandra Lúcia .

Também na sessão do dia 11 a comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas apresentou parecer favorável ao parecer prévio do TC de Minas Gerais, que dispõe sobre a prestação de contas do Executivo Municipal, relativas ao ano de 2004. Já o senador Clesio Andrade, enviou ofício ao Legislativo de Aimorés, encaminhando cópia do ofício enviado ao Ministério dos Transportes, solicitando agilidade nas obras de restauração da BR 474, que liga Aimorés a Caratinga.

No processo das discussões de temas políticos de Aimorés, o vereador Onair Vitorino Filho fez um apelo para o fim da politicagem e da boataria na cidade, que em nada contribuem para o desenvolvimento da cidade. O vereador Paulo Roberto da Silva, por sua vez, fez questão de esclarecer algumas questões relacionados a pedidos de informações ao Executivo, falou da transparência que a administração municipal está agindo neste início de mandato e deixou claro que também não deseja qualquer processo de retaliação, chegando a informar a algumas pessoas que o ex-prefeito Marcelo Marques não roubou e nem deixou dívidas. Falou ainda das dificuldades do processo de transição de governo, acentuou que os primeiros dias da nova administração estão sendo difíceis, mas deseja que estas situações sejam vencidas pelo bem estar da população de Aimorés.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *