INSS desiste de construir central de documentação em Aimorés

Um grupo de vereadores da Câmara Municipal de Aimorés esteve em Governador Valadares no dia 16 de setembro, reunindo-se com o gerente executivo do INSS, Ricardo Orlandi Sales, para tratar da questão envolvendo a doação, por parte do município, de uma área onde seria construída a central regional de arquivo e documentação daquele órgão federal.

Os vereadores não tiveram uma boa notícia: O INSS formalizou aos vereadores a desistência da construção da central de documentação, alegando que a área já não atende às especificações e exigências do órgão.

Esta área, anexa ao pólo industrial de Aimorés, chegou a ser doada ao INSS com aprovação da Câmara Municipal, no ano de 2012, ficando acertado na ocasião que o terreno abrigaria este importante setor em Aimorés. Com a demora para o início das obras, a Câmara se movimentou no sentido de buscar informações sobre a construção do prédio do INSS, quando foram informados da desistência. Agora, a área vai retornar ao município, que dará a ela uma nova destinação.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Tião Molin, lamentou a desistência do INSS de trazer para Aimorés sua central de documentação.
“Perdemos um importante avanço para Aimorés, uma vez que a central do INSS geraria dezenas de empregos na construção do prédio e também várias colocações de trabalho durante o funcionamento”, falou o presidente, que não vê culpa do município nesta situação.

Tião Molin explicou que o município cumpriu com as exigências do INSS, doando a área, porém o órgão chegou à conclusão que a localização e a área já não atendem às exigências do órgão. 

Além do presidente, estiveram em Governador Valadares os vereadores Gessimar, cabo Natalino, Sandra Jourinch, Paulo Roberto Silva, Luciano Afonso Cezar e Darcy Salomão. Todos lamentaram a desistência do INSS em construir a central, argumentando que ela, além de gerar empregos, atrairia muitas pessoas para a cidade.

Secretário explica na Câmara revisão salarial dos servidores

O secretário de Administração da Prefeitura, Marcelo Leão, esteve na Câmara Municipal de Aimorés no dia 29 de setembro, atendendo a convocação dos vereadores para explicar a questão da revisão salarial dos servidores municipais de Aimorés.

Esta revisão, definida pelo Plano de Carreira aprovado pelo Lei 2279/2011, sancionada pelo ex-prefeito Marcelo Marques, não vinha sendo cumprida pelo Poder Executivo Municipal.

O secretário Marcelo Leão explicou, no entanto, que já foi feito um estudo de impacto financeiro sobre a questão e que um projeto de Lei será enviado à Câmara para aprovação, garantindo a revisão nos anos de 2013 e 2014.

A Câmara se preocupou com esta questão depois de receber uma série de reclamações dos servidores, especialmente através do sindicato da classe, presidido pela sra. Elizangela Calixto Damasceno.

Com a garantia do secretário Marcelo Leão de que o projeto de revisão será enviado ao Legislativo, os servidores se deram por satisfeitos e agradeceram a intervenção dos vereadores em ajudar nos esclarecimentos por parte da Prefeitura.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Novembro Azul: saiba mais

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer

Notícias

Você sabe o que é Outubro Rosa?

Outubro Rosa é uma campanha anual realizada mundialmente em outubro, com a intenção de alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama.